Notícias
31/07/2019

Barueri estuda projeto para ajudar protetores de animais na cidade

Projeto em estudo em Barueri, o Bolsa Bem-Estar Animal pretende auxiliar protetores de animais individuais do município. A informação foi antecipada à Folha de Alphaville pelo secretário de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marco Antônio de Oliveira, Bidú, pasta responsável pela proposta. Segundo ele, o foco serão os protetores individuais, não Organizações Não Governamentais (ONGs). "Estas pessoas nos ajudam resgatando, tratando e doando cães e gatos abandonados ou que foram vítimas de maus-tratos. A ideia é que cada um deles tenha direito a um número de castração, vacinação e ração, que ainda vamos estipular, e recebam o auxílio mensalmente. No inverno vamos oferecer cobertores", ressaltou.

Ainda segundo o secretário, para receber a ajuda, esses protetores precisam estar cadastrados e ser de Barueri. "A adesão será feita pelo serviço de proteção ao animal já desenvolvido, vamos fazer uma avaliação. Para o ano que vem, queremos que este projeto já esteja em funcionamento", afirma Bidú. 
Daniela Lo Bello, protetora animal que mora há 35 anos em Alphaville, conta que ação vem em boa hora. "Os gastos com veterinário, exames, remédios e até hotel são imensos. Nunca sabemos quanto tempo esse bichinho ficará sob nossa responsabilidade, e como moro em apartamento, às vezes é preciso um local para abrigá-los, enquanto aguardam adoção", explica. 

Para ela, Barueri vem fazendo muitas ações em prol dos animais. "A iniciativa vai beneficiar muitas protetoras sérias, que precisam de um auxílio para cuidar destes pets, mas que nem sempre têm condições", avalia Daniela. Rosa Maria da Silva Freire, moradora do Jardim Flórida e cuidadora há seis anos, diz que o projeto vai ajudar muitas pessoas engajadas na causa animal. "Minha maior dificuldade é com ração e vacinação. Precisamos muito da ajuda, se for colocado em prática o projeto, ofereceremos um atendimento mais completo para nossos bichinhos", diz. 


Resgate Animal

O Resgate Animal, serviço da Prefeitura de Barueri que terá ambulância UTI equipada para atendimento de cães, deve iniciar seus trabalhos nas próximas semanas, de acordo com o secretário Marco Antônio. 

O veículo atenderá animais que estejam na rua doentes, agressivos ou atropelados. A solicitação de atendimento será feita por um número de WhatsApp, que será disponibilizado pela Secretaria do Meio Ambiente. "Pessoas que não têm condições financeiras poderão entrar em contato também e faremos uma avaliação do caso", explicou Bidú. 

Para comportar a maior demanda, o ambulatório do Centro de Proteção ao Animal Doméstico (CEPAD) será ampliado, tornando-se uma clínica. "Com o Resgate Animal, entendemos que o número de casos a serem tratados vão aumentar. A expectativa é que cheguemos a 1800 atendimentos por ano, todos gratuitos." 


Hospital Veterinário

Em entrevista à Folha de Alphaville, Marco Antônio de Oliveira, Bidú, disse que a proposta do Hospital Veterinário, está paralisada, pois algumas questões ainda precisam ser alinhadas. "O projeto está pronto. Temos o terreno e condições de construir e equipar, mas estamos em conversa com o Governo do Estado para que eles possam arcar com a manutenção da unidade", contou.


Fonte: Folha de Alphaville