Notícias
28/06/2018

Atividades educativas no Parque Ecológico ampliam educação ambiental

Nesta segunda reportagem em uma série de quatro sobre o Parque Ecológico de Barueri você vai conhecer as atividades socioeducativas desenvolvidas pelos educadores ambientais da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente de Barueri (Sema). Por meio de agendamento, escolas, faculdades e outros grupos interessados podem aprender mais sobre o meio ambiente na prática e tornarem-se multiplicadores dessa nova consciência.

Sala Verde

O Parque abriga uma das mais de 350 Salas Verdes do país, iniciativa do Governo Federal com o objetivo de incentivar atividades culturais e educacionais dentro da temática ambiental. Ela conta com amplo acervo de livros, filmes e outros materiais sobre o meio ambiente que podem até ser emprestados mediante cadastro. Ela também abriga as atividades educativas, com palestras, oficinas e o Circuito Tela Verde: um festival anual de filmes e curtas metragens ambientais promovidos pelo Ministério do Meio Ambiente.

Responsável pela Sala Verde de Barueri, o educador ambiental Thiago Alves Lopes explica que o espaço é apenas o ponto de partida dessa aventura. “São abordados temas e fatores pertinentes à temática ambiental como um todo, voltados à qualidade de vida, à saúde e à segurança do meio ambiente, questões sobre a água, resíduos, animais, plantas, fontes de energia renováveis, planeta Terra, recursos naturais e sustentabilidade ambiental. Igualmente, trabalhamos a interação do homem com o meio ambiente urbano e o natural e todo o contexto histórico de formação do rio Tietê de antes e depois do processo de retificação”, diz Thiago.

Estudos de meio

Nada melhor do que aprender sobre a natureza em meio a ela e é exatamente isso que acontece. “Exploramos o Parque Ecológico como um todo, iniciando pela formação do rio Tietê, passando por variedades de espécies de árvores nativas e exóticas, as áreas de vivência e lazer, visitando o viveiro de mudas municipal e o centro de compostagem, até a descida por uma trilha de aproximadamente 600 metros que passa por um remanescente de mata atlântica”, detalha Thiago. O Minhocário é outra estrutura didática que demonstra o processo de decomposição orgânica e como se forma o adubo natural para manter a terra sempre saudável.

Para participar das atividades basta fazer um agendamento prévio pelo e-mail sema.salaverde@barueri.sp.gov.br. Havendo disponibilidade de data e horário, o agendamento é realizado. A visita monitorada recebe escolas, instituições, grupos organizados, Ong’s e visitantes em geral de toda a região. Mais informações pelos telefones (11) 4191-9844 ou 4199-1500.

A Trilha na Mata Atlântica e a visita à Área do Russo também fazem parte dessa programação. Na próxima matéria da série você vai conhecer melhor essas duas áreas de preservação que guardam tanto da vegetação original do Parque Ecológico.

Serviço:

O Parque Ecológico de Barueri fica na avenida Doutor Dib Sauaia Neto, 1600, Alphaville. Ele funciona de segunda a sexta-feira das 8 às 17h, e aos finais de semana e feriados das 9 às 17h.


Fonte: Barueri Sp Gov